A engenharia em favor do conforto em sapatos com salto alto

1

Crédito da foto: Clara Ungaretti | Nicole Warne Blogger wearing Sophia Webster Heels

No clima ainda do salto alto (no último post abordei sobre uma websérie e sobre um dos episódios dela que falava da história do salto alto), recentemente li uma matéria sobre como a engenharia poderia auxiliar no design dos sapatos com salto alto no futuro.

A maior preocupação para nós é o conforto, não adianta estar bem arrumada, mas se sentir totalmente desconfortável. A elegância e o bem estar desaparecem em segundos. Por isso, se pudermos agregar conforto com beleza, estilo, segurança ao caminhar, será possível chegar perto da perfeição.

Foi então em busca de se chegar ao menos perto da perfeição que uma ex-recrutadora da SpaceX (empresa que projeta, fabrica e lança foguetes e naves espaciais avançadas),  que andava pela fábrica com salto alto, começou a pensar em maneiras para deixar o sapato com salto alto mais confortável a ponto de ter a sensação de estar calçando um tênis.

São diversos estudos relacionados aos princípios da física (atrito, resistência, peso etc) e parcerias com médicos cardiovasculares (o que é melhor para os seus pés, pernas, circulação sanguínea, coluna etc) para auxiliar no processo de desenho e produção de modelos elegantes e ergonômicos.

2

Imagem: Thesis Couture/Facebook



O problema que persiste ainda é que a física e outros estudos envolvidos no conforto não acompanham um design elegante, bonito e, muito menos, um preço acessível – pelo menos eu não achei bonitos esses modelos com salto alto e não achei baratos – eles podem chegar a custar em torno de $1000 (dólares):

3

Crédito da foto: Kinetic Traces

4

Crédito da foto: Kinetic Traces

Abaixo, o modelo Mojito criado pelo arquiteto Julian Hakes, inspirado em fundamentos da engenharia estrutural e na construção de pontes:

5

Crédito da foto: Julian Hakes

 

Será que essa moda pega totalmente no futuro?

0 Comentário

ENVIE SEU COMENTÁRIO:

Seu e-mail não será publicado *

Comentário *




16 − 14 =